O Filme

Matérias relacionadas ao filme que será lançado sobre o Queen.


Brian May fala sobre o lançamento do filme de Freddie Mercury

Nessa quinta-feira (13/04/17) Brian May revelou em entrevista ao Daily Star que o filme biográfico de Freddie Mercury está prestas a ser lançando.


Segundo o guitarrista do Queen, “O filme está chegando…mais cedo do que você imagina, no próximo ano” e acrescentou que a banda pode começar uma nova turnê pela Europa com Adam Lambert.

O filme está sendo trabalhado há quatro anos e já teve vários atores envolvidos, atualmente o escalado para o papel de Freddie é Rami Malek, que já atuou em “Mr Robot” e “Need For Speed”.

 

Fonte: https://br.nacaodamusica.com


Rami Malek será Freddie Mercury em cinebiografia sobre o Queen

18.set.2016 - Rami Malek leva o prêmio de melhor ator em série dramática no Emmy

18.set.2016 – Rami Malek leva o prêmio de melhor ator em série dramática no Emmy

O ator americano Rami Malek, mais conhecido pela série “Mr. Robot”, será Freddie Mercury em uma cinebiografia sobre o Queen. A informação foi confirmada pelo diretor do filme através de redes sociais.

Malek, de 35 anos, levou um Emmy neste ano como melhor ator em série dramática pela sua interpretação em “Mr. Robot”.

Ainda sem data de estreia, o filme sobre a banda britânica será dirigido por Bryan Singer, conhecido pelos quatro filme de X-Men, entre eles o último “X-Men: Apocalipse”.

“Bohemian Rhapsody” é o nome da cinebiografia, que será produzida pela Fox em parceria com a New Regency.

O projeto do filme, do produtor Graham King, já existe há oito anos e teve vários estúdios e atores envolvidos. A Sony chegou a fechar parceria para lançar o filme, mas desistiu.

O papel de Freddie Mercury já esteve nas mãos do ator e humorista Sacha Baron Cohen, de “Borat”, que também desistiu do projeto em 2013 por “diferenças criativas” com os músicos remanescentes do Queen, Brian May e Roger Taylor, produtores executivos do projeto.

O diretor Dexter Fletcher também abandonou o barco em 2014.

O roteiro de “Bohemian Rhapsody” segue sob o encargo de Anthony McCarten, de “A Teoria de Tudo”. Ele deve reescrever um roteiro existente assinado por Peter Morgan (“A Rainha”, “Frost / Nixon”).

 

Fonte: http://cinema.uol.com.br


Longas marcam os 40 anos do Queen

Os fãs do Queen terão muitas oportunidades para comemorar as quatro décadas da banda inglesa, formada em 1971.

O guitarrista Brian May e o baterista Roger Taylor anunciaram que dois filmes relacionados ao grupo serão lançados em 2011 e em 2012.

O primeiro é a versão cinematográfica do musical teatral “We Will Rock You”. Para o ano que vem ficou a cinebiografia do vocalista Freddie Mercury (morto em 1991), estrelada por Sacha Baron Cohen.

www.band.com.br


Queen prepara filme do musical “We Will Rock You”

Londres – Brian May e Roger Taylor, membros da banda britânica Queen, anunciaram em sua página oficial na internet a adaptação cinematográfica do musical “We Will Rock You”.

Este projeto, que ainda está em fase de desenvolvimento, contará com o roteiro do britânico Peter Morgan (“Frost/Nixon”, “A Outra”).

Morgan também é o roteirista de um filme dedicado à vida do músico Freddie Mercury, longa-metragem que gera grande expectativa entre os seguidores do Queen e estreará no primeiro semestre de 2012.

Este último filme, que começará a ser gravado em poucos meses, será protagonizada pelo polêmico Sacha Baron Cohen (“Borat”, “Brüno”) que, segundo May, “está entrando no papel de uma maneira que encantaria Freddie”. No ano de seu 40º aniversário, os membros do grupo de rock estão embarcados em vários projetos.

“Haverá muita atividade” comentou Brian May, se refirindo não só aos dois filmes, mas também à remasterização dos primeiros discos do grupo e à exposição “Stormtroopers in Stilettos”. A exibição, que será inaugurada em Londres nos próximos meses, documentará a evolução da banda desde seus primeiros anos.

Fonte: www.uol.com.br


Globo News em Pauta fala dos filmes sobre Queen

A peça We Will Rock You, que conta a trajetória do Queen, será adaptada para o cinema, pelo roteirista de sucessos como A Rainha e Além da Vida. O humorista Sasha Baron Cohen será Freddie Mercury.

Fonte: www.globonews.com


Sacha Baron Cohen conta por que desistiu da cinebiografia de Freddie Mercury


Sacha Baron Cohen abriu o jogo sobre sua saída do filme sobre Freddie Mercury, lendário vocalista do Queen. Confirmando os boatos que da época do anúncio do afastamento, ele revelou que o problema todo foi a diferença entre o que ele queria mostrar e a história que os membros da banda queriam contar. Sacha gostaria de representar o Freddie polêmico, sem limites, intenso dentro e fora dos palcos, protagonista de casos bizarros como festas em que anões circulavam com pratos cheios de cocaína na cabeça; enquanto os músicos planejavam um longa sobre a carreira do cantor, sem sua vida pessoal. Pior, queriam um filme mais sobre a história da banda do que sobre Mercury em si. Palavras do ator em entrevista concedida a Howard Stern:

“Não deveria ter ficado tanto tempo envolvido, pois na primeira reunião, anos atrás, um dos membros da banda virou para mim e disse: ‘Este filme será ótimo, porque o que acontece no meio é excelente’. Perguntei o que seria e ele respondeu: ‘Freddie morre, ué’. Deduzi que seria como Pulp Fiction, em que o fim é o meio e o meio é o fim, mas ele disse: ‘Não, será normal’. Perguntei então o que teria na segunda metade da cinebiografia e ele explicou: ‘Você sabe, vamos mostrar como a banda seguiu em frente fazendo sucesso’. Aí eu falei: Cara, ninguém vai querer ver um filme em que o protagonista morre de AIDS no meio e a carreira de seu grupo continua.”

O mais incrível é que mesmo após essa conversa, ele continuou tentando desenvolver o filme por seis (6) anos! Ao longo desse tempo Peter Morgan (A Rainha, Além da Vida, Rush) escreveu o roteiro e os premiados diretores David Fincher e Tom Hooper se interessaram pelo projeto, mas não embarcaram.

Após Sacha dar o braço a torcer e finalmente desistir da cinebiografia, Brian May – guitarrista e compositor do Queen – declarou que estava aliviado, pois a enorme fama do ator prejudicaria o drama, e começou uma campanha para que Ben Whishaw assumisse o papel. Funcionou e o ator de A Garota Dinamarquesa entrou para o elenco, mas nem assim as ideias saíram do papel. Dexter Fletcher assinou contrato para dirigir e logo mudou de ideia após brigar com o produtor Graham King e agora, 2016, tudo que a cinebio de Freddie Mercury tem é Whishaw, talvez, e um novo roteiro escrito por Anthony McCarten (A Teoria de Tudo).

Ator de Irmão de Espião e Alice Através do Espelho, Baron Cohen revelou ao JoBlo que no momento está preparando um musical chamado The Lesbian. Baseado em fatos reais, contará a história de um bilionário que oferece US$ 65 milhões para o homem que conseguir transformar sua filha lésbica em hétero.

 

Fonte: http://www.adorocinema.com


Brian May desmente acusações de Sacha Baron Cohen sobre filme do Queen

A polêmica continua, agora com lado do Queen dando sua versão dos acontecimentos

O filme autobiográfico do Queen nem começou a ser filmado, mas já virou uma verdadeira novela mexicana.

Ou britânica, no caso há aproximadamente um mês, o engraçadíssimo ator inglês Sacha Baron Cohen (de Borat, entre outros) iria interpretar Freddie Mercury, mas se afastou do projeto alegando divergências criativas.

Ele disse em entrevista que o guitarrista Brian May e o baterista Roger Taylor estavam empenhados em preservar o legado da banda ao querer mostrar apenas o lado mais “simpático” da história, enquanto ele mesmo gostaria de enfatizar o real ambiente de sexo, drogas e rock and roll que circundava a vida de Freddie.

Um mês após Sacha dar sua versão dos acontecimentos, May veio à tona e resolveu contar o seu lado da história em entrevista ao The Daily Mail.

“Sacha se tornou um babaca,” ele diz. “A gente passou um bom tempo trabalhando ideias, mas ele saiu e andou dizendo mentiras sobre o que aconteceu.”

Vale lembrar que as declarações de Cohen foram extremamente fortes. Ele contou e ironizou, em Março, no Howard Stern Show: “Um membro da banda, que não vou dizer quem, disse ‘Esse será um ótimo filme porque tem algo ótimo que acontece no meio’. Eu pergunto ‘O que acontece no meio do filme?’ E ele disse ‘Freddie morre.’” Segundo ele, toda a segunda parte do filme seria sobre a continuação da banda sem o seu vocalista, como se ela quisesse ser o destaque principal.

Tendo sido o responsável pelas declarações ou não, de toda forma, Brian May nega as acusações do ator:

“Por que ele iria embora pra dizer que fomos nós que não queremos fazer um filme mais audacioso? Eu sou lá o tipo de pessoa que se esquiva da verdade? Não mesmo.”

May também defendeu a escolha da equipe por romper com Cohen:“Foi por uma ótima razão, que será visível se você assistir ao que ele fez recentemente,” certamente se referindo, de forma venenosa, à última produção do comediante – Os Irmãos Grimsby.

Em Novembro do ano passado, quando a produção do filme, ainda sem um diretor escalado, foi reativada com a escolha de um novo roteirista, houve rumores de que os produtores sondaram o ator Ben Whishaw para interpretar Mercury no filme. May confirmou o interesse da banda em trazer Whishaw, inclusive chamando-o de “um ator de verdade”, comparado a Sacha.

 

Fonte: www.tenhomaisdiscosqueamigos.com
Dica de David Neto


 


Deixe um comentário: