Brian May (Queen) compara Adam Lambert ao lendário Freddie Mercury

“Ele não imita Freddie de nenhuma maneira,” conta o guitarrista

O vocalista de uma banda, normalmente a pessoa que assume o posto de líder, acaba se tornando a principal imagem de um grupo musical. E exemplos disso não faltam na indústria fonográfica. Mas e quando esse líder deixa o grupo? O quão desafiador seria continuar o projeto sem o seu principal nome?

Recentemente, muito é discutido sobre a morte de Chester Bennington e o futuro do Linkin Park. O grupo deve seguir em frente ou não? Um outro exemplo forte disso foi a união do cantor Adam Lambert ao grupo Queen, 20 anos após a morte de Freddie Mercury, um dos vocalistas mais respeitados da história.

O projeto, intitulado Queen + Adam Lambert, existe desde 2011, e já se apresentou na edição de 2015 do Rock in Rio.

 

“Freddie sentiria uma mistura entre amor e ódio por ele”

Em Queen in 3-D, livro lançado em 2015, May conta que seu antigo colega de banda teria inveja do potencial vocal de Lambert. Recentemente, em entrevista ao Yahoo, o guitarrista contou um pouco sobre a relação da banda com o novo frontman, e comparou os dois vocalistas.

Freddie sentiria uma mistura entre amor e ódio por ele. [A voz de Lambert] É uma voz única. Ninguém tem esse alcance, ninguém com que eu tenha trabalhado antes. Não apenas o alcance, mas também a qualidade. Estou vendo Adam se desenvolver da mesma maneira que vi Freddie se desenvolver.

May disse se impressionar cada vez mais ao tocar com Lambert, elogiando a maneira como o novo vocalista interpreta as músicas. “Às vezes eu simplesmente paro de tocar e penso ‘O que foi que ele acabou de fazer?’”, brincou.

A primeira vez em que o grupo tocou junto a Lambert foi na final da oitava temporada do programa American Idol. Adam chegou até a final com o cantor Kris Allen, e os dois foram acompanhados pela banda para cantar o clássico “We Are The Champions“. Allen acabou levando a melhor, mas não demorou muito para o Queen entrar em contato com Lambert.

O guitarrista ainda rebateu críticas feitas ao estilo de Lambert, comparando a sua postura em palco com a de Freddie.

Ele não imita Freddie de nenhuma maneira! Ele simplesmente fornece o pedaço que faltava no quebra-cabeça. É impressionante! Não estaríamos fazendo isso agora se não fosse por Adam.

Fonte: http://www.tenhomaisdiscosqueamigos.com

 

Alexandre Portela

Alexandre Portela

Fã do Queen desde 1991. Amante, fascinado pela banda e seus integrantes. Principalmente Freddie! =)

Outras notícias

Brian May elogia Axl Rose

Postado por - 9 de junho de 2006 0
O guitarrista do Queen, Brian May, compareceu ao show do Guns N’ Roses no Hammersmith Apollo, em Londres, no último…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.