BOHEMIAN RHAPSODY | Rami Malek conta os desafios de interpretar Freddie Mercury

Em entrevista a Entertainmente Weekly, o ator Rami Malek mencionou os desafios de dar vida a Freddie Mercury no filme biográfico do Queen, Bohemian Rhapsody.

“Eu posso dizer com toda certeza que eu jamais seria capaz de abandonar esse filme e deixá-lo incompleto. Sempre que passávamos por qualquer dificuldade no set, eu pensava: ‘o que Freddie faria?’, e eu posso te garantir que ele ficaria e daria um jeito de chegar até o final”, contou o ator.

Malek que se esforçou para absorver o máximo de Freddie Mercury, inclusive sua personalidade. “Eu voltava a assistir as entrevistas e shows dele sempre que o perdia de vista. Ele era esse showman corajoso no palco, mas tinha um lado reclusivo e solitário entre quatro paredes. Foi um desafio enorme.”

Bohemian Rhapsody que passou por algumas dificuldades em sua produção como a troca de diretor, Bryan Singer foi demitido após se envolver em uma polêmica de assédio sexual, e Dexter Fletcher foi seu substituto. As críticas se deram a maior parte relacionada a vida pessoal de Freddie Mercury, onde questionaram sobre sua sexualidade e o diagnóstico do HIV, este que não será retratado no filme, pois o mesmo se encerrará no ano de 1985, 6 anos antes da morte de Mercury.

“Eu acho que fizemos um filme muito equilibrado”, diz o produtor Graham King sobre as polêmicas. “Retratamos os dois lados da sexualidade de Freddie, não o desrespeitamos de forma alguma.”

O elenco ainda conta com Joe Mazzello (John Deacon), Ben Hardy (Roger Taylor) e Gwilym Lee (Brian May). Bohemian Rhapsody chega aos cinemas brasileiros no dia 1º de Novembro deste ano.

 

Fonte: Entretenimento UOL

Outras notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.