Pedra Sobre Pedra: amor e ódio entre sintetizador e o rock

Enviada por: Alexandre Portela
Data: 27/06/2011 23:13:21
Postado em: Queen News

Talvez nenhum instrumento cause tanta controvérsia no mundo do rock quanto o sintetizador. Ele é usado desde os anos 60 por bandas como Monkees, Rolling Stones e até os Beatles, mas, foi nos anos 70 e 80 que se tornou uma febre.

O Queen foi uma das bandas que o usaram, mas não foi amor à primeira vista. Seus primeiros discos vinham com a frase “No Synthesisers!”. O produtor do grupo Roy Thomas Backer, afirmou que o objetivo era deixar bem claro que os solos de Brian May, com várias camadas de áudio, eram feitas com uma guitarra.

Foi no álbum “The Game”, de 1980, que a banda entrou de cabeça no instrumento, especificamente um Oberheim OB-X. Tanto que Freddie Mercury, Brian May e Roger taylor o tocaram na gravação do disco. O Queen acabou criando grandes clássicos com um toque eletrônico, a exemplo de “Radio Gaga”, “I Want to Break Free” e “Invisible Man”.

Veja outras histórias envolvendo o instrumento no link abaixo:

http://www.pedrasobrepedra.com/2011/06/relacao-de-amor-e-odio-entre-o.html




Um comentário:

  1. Pelo menos o queen fez sete ótimos albuns com uma sonoridade ótima sem o sintetizador. Isso é talento!

  2. Fairy King em 30/04/2012 às 21:06

Deixe um comentário: