Paul não está tentando ser Freddie

Enviada por:
Data: 26/10/2005 09:03:09
Postado em: Queen News

O baterista do Queen, Roger Taylor saiu em defesa da formação com o vocalista do Free, Paul Rodgers, na nova investida da banda. O grupo esta em turnê com o suporte do novo cd " Return of the Champions", e Taylor diz que o vocal de Rodgers adicionou algo novo no som do Queen sem tirar nada do antigo frontman Freddie Mercury.

Ele disse no VH1 "Eu acho que o vocal do Paul tem se adequado ao nosso som. De uma maneira, eles nos estão dando mais.Nós de fato viemos do Blues, apesar (de nós) não termos um som como esse o tempo todo… Ele adicionou aquele toque de blues no grande mundo do som que Brian e eu chutamos com outros caras. É aí que está dando a diferença entre todo nosso material. E ele tem a coragem de fazer as notas do Freddie, porque Freddie tinha uma tremenda força. E ele é Paul Rodgers, Ele não está tentando ser Freddie Mercury, e eu desejo que as pessoas entendam que nós não estamos fazendo isso por grana ou qualquer outra coisa. Nós não estamos saindo por aí com alguém fingindo que é Freddie Mercury.
Você sabe qual é o ponto disso? Nós estamos saindo por aí, tocando nossas músicas, e as musicas do Paul também – ele tem um monte de grandes músicas. Nós somos o que somos agora, você sabe, nós não somos o que fomos. Apesar de nós fazermos muitos de nosso velho material, obviamente, porque realmente é nosso… Nós estamos indo pra cima, tocando nossas canções, e é um grande show. E agita como inferno. E nós estamos muito orgulhosos disso… Paul é muito bom para retornarmos. Ele é um dos nossos favoritos de longo tempo. Certamente, um dos cantores favoritos de Freddie. E nós costumavamos ouvir ele antes de gravarmos nosso primeiro disco."

Paul disse, que seu papel com a banda: " Eu amo pegar uma música e repaginá-la de algum lugar e jogar novamente para o público. Queen na verdade tem um monte de músicas que eu posso chegar nesse nível. Estranhamente , I Want to Break Free é uma destas. Porque para mim, eu sinto que muitos de nós tem algo que querem ficar livres. Uma relação, um emprego; O lugar que você vive, qualquer coisa que possa ser. E então se tem um significado em vários níveis. E tem outra música que eu particularmetne achei do que nós estamos chamando de  ‘The Show Must Go On.’ É algo do Queen mesmo somente uma experiência em estúdio. E, então se tem a oportunidade, é como um território virgem quando saímos e tocamos ao vivo no palco.”

FONTE: www.queenpluspaulrodgers.com





Deixe um comentário: