Queen no Jornal O DIA

Enviada por:
Data: 25/12/2005 23:39:43
Postado em: Queen News

"Disco
do Queen ‘A Night At The Opera’ tem relançamento luxuoso

Obra antológica do grupo faz 30 anos
e ganha DVD com clipes

Ricardo Calazans
Rio – Britânica como
os Beatles, a banda de rock Queen tem seu Sgt. Peppers pa! rticular. Exagerada,
épica e (ainda hoje) ousada, a obra-prima do grupo de Freddie Mercury atende
pelo nome de A Night At The Opera e já é balzaquiana. Para festejar seus 30 anos
com a pompa que o disco merece, a EMI acaba de mandar para as lojas uma edição
especial de aniversário: dupla, com suas 12 músicas num CD remasterizado e um
DVD com os clipes de Bohemiam Rhapsody, You’re My Best Friend e dez novos
vídeos. “É simplesmente a melhor versão de A Night At The Opera já produzida.
Duvido que algo possa ser feito melhor”, diz, no luxuoso encarte do CD/DVD, o
guitarrista Brian May, produtor executivo da edição, ao lado do baterista Roger
Taylor.
A declaração de May
parece ser uma resposta a uma antiga frase do vocalista Freddie Mercury sobre a
banda: “Somos o Cecil B. de Mille do rock’n’roll, sempre queremos fazer as
coisas melhores e maiores”. O Queen surgiu em 1971 da reunião de May, Taylor,
Mercury e o baixista John Deacon. Em 1975, já com três discos lançados, os
quatro buscavam esta grandiosidade. A Night At The Opera é o início do Queen que
ficou para a posteridade: rock com arranjos vocais audaciosos e incomum senso
pop, capaz de produzir baladas refinadas (Love Of My Life, letra abaixo),
superposições operísticas (Bohemiam Rhapsody), folk (’39) ou hard rock cem por
cento puro (I’m In Love With My Car).
Sucesso improvável
(a gravadora temia que as pirações de estúdio fracassassem), o disco conduziu o
Queen ao megaestrelato, aos shows em espaços gigantescos (como o Morumbi, em
1981, e o Rock in Rio, em 1985, suas duas passagens pelo Brasil)! e ao posto de
reis (ou rainhas) do rock de arena. Que só perderam em 1991, com a morte de
Mercury.
Na
estrada
Turnê. Há duas semanas, Brian May anunciou que o
Queen fará uma turnê pela América do Norte. O posto de Mercury – que já foi
ocupado, em reuniões esparsas da banda, por Robbie Williams e Bob Geldof –
ficará com Paul Rodgers, ex-Free e Bad Company. May e o baterista Roger Taylor
precisam agora de um novo baixista: John Deacon anunciou recentemente sua
aposentadoria dos palcos.
Gay. Freddie Mercury, nascido em Zanzibar
(Tanzânia), assumiu nos anos 80 sua homossexualidade. Vítima da Aids em 1991,
foi o primeiro artista gay a ter sua obra liberada no
Irã.
Top
10.
Rei do rock de arena (We Will Rock You e We Are The Champions são
lembrados em Olimpíadas e Copas do Mundo), o Queen é também o grupo que mais
tempo permaneceu nas paradas de sucesso britânicas: 1.322 semanas. Deixou para
trás até os Beatles, que permaneceu no top 10 da Inglaterra “apenas” 1.293
semanas."

P.S – Agradecimentos a Niege do grupo
Queenriocas.

Fonte: Jornal O Dia





Deixe um comentário: