“Eu devia ter contraído Aids e morrido”, afirma Elton John

Enviada por: Alexandre Portela
Data: 25/07/2012 21:30:20
Postado em: Queen Outros

Em evento sobre a doença, cantor diz ter tido “sorte” por sobreviver aos anos 1980 e 1990

Elton John na conferência em Washington

Elton John na conferência em Washington

Em um discurso forte nesta segunda-feira (23) na 19ª Conferência Internacional sobre a Aids, em Washington (EUA), Elton John impressionou o público ao lembrar seu vício em drogas, a prática de sexo sem proteção e que, por conta disso, não deveria estar vivo hoje.

“Eu devia estar morto, sete palmos debaixo da terra num caixão de madeira”, disse ele. “Eu devia ter contraído HIV nos anos 1980 e morrido nos 1990, assim como (o vocalista do Queen) Freddie Mercury, como (o ator) Rock Hudson. Todo dia me pergunto, ‘como sobrevivi?’.”

O cantor britânico confessou que sua vida era uma “bagunça”, estava “no fundo do poço” e por pouco não morreu. Disse, no entanto, ter tido sorte: contou que está sóbrio há 22 anos e que foi resgatado do vício pela família e pessoas que se importavam com ele.

Realizada nos EUA pela primeira vez desde 1990, a Conferência Internacional sobre a Aids reúne a cada dois anos os maiores especialistas do mundo sobre a doença.

Em seu pronunciamento, Elton John – que lidera esta semana a parada britânica pela primeira vez em 22 anos – também condenou a discriminação que existe ainda hoje contra os homossexuais. Segundo ele, a vergonha e o estigma estão “matando as pessoas em todo o mundo agora mesmo”.

Ouça músicas e aprenda letras de Elton John

“Há algumas pessoas que olham os doentes e buscam razões para culpá-las”, afirmou. “Precisamos é de mais amor para os que estão vivos.”

 

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br
Dica de: Roberto Mercury





Deixe um comentário: