Adam Lambert revela qual a canção do Queen mais difícil de aprender

Adam Lambert, que vem atuando ao vivo com o Queen, deu uma entrevista ao NME sobre esta experiência.

Questionado sobre as canções do Queen que mais luta lhe deram, responde o norte-americano: “Algumas foram difíceis de aprender. A ‘Don’t Stop me Now’ – a letra é enorme. A questão é que o Freddie parecia deslizar em algumas letras… ao ouvir os discos, às vezes pergunto-me: mas o que é que ele está fazendo?”.

Sobre as suas canções favoritas, diz: “Adoro a ‘Another One Bites The Dust’,adoro o baixo. E adoro cantar a ‘Somebody To Love’, adoro a letra e identifico-me com ela. Cantar a ‘Who Wants To Live Forever’ é sempre muito intenso. Foi o Brian que a escreveu, sobre o seu pai, mas claro que me faz pensar no Freddie”.

Sobre os seus companheiros de palco, Adam Lambert revela que Brian May “é um pensador e um homem de sentimentos”. Gosta de analisar o componente das coisas, seja ele emocional ou científico. Concentra-se muitíssimo no sentimento que quer atingir. Não é impulsivo. O Roger é fogoso e impulsivo. É o baterista; é vistoso e glam. Nesse aspeto é muito rock and roll e complementam-se os dois muito bem”, considera. “Têm sido muito abertos e bondosos comigo. Já somos uma família”.

Fonte: http://blitz.sapo.pt

Alexandre Portela

Alexandre Portela

Fã do Queen desde 1991. Amante, fascinado pela banda e seus integrantes. Principalmente Freddie! =)

Outras notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.