Após saída de ator, filme sobre Freddie Mercury não deve sair do papel

 A cinebiografia de Freddie Mercury provavelmente não sairá do papel agora que o ator Sacha Baron Cohen desistiu de interpretar o líder do Queen. A informação foi divulgada pelo roteirista do longa, Peter Morgan, à BBC. Morgan já havia roteirizado “A Rainha” e “Frost/Nixon”.

Baron Cohen estava ligado ao projeto desde setembro de 2010, mas desistiu em julho deste ano. De acordo com a imprensa internacional, o motivo foi “diferenças criativas”.

Os membros da banda e o ator não chegaram a um acordo sobre a linguagem do filme. Os integrantes do Queen queriam um filme “limpo”, livre para adultos e adolescentes, enquanto Cohen queria um filme mais “pesado”, centrado na homossexualidade de Mercury.

Mercury morreu em 24 de novembro de 1991 de complicações por causa da Aids. É a primeira vez que Brian May, Roger Taylor e John Deacon, membros remanescentes da banda, permitem que direitos autorais de suas músicas sejam usados em um filme sobre o grupo.

 

Fonte: http://cinema.uol.com.br/
Dica de: Roberto Mercury

Alexandre Portela

Alexandre Portela

Fã do Queen desde 1991. Amante, fascinado pela banda e seus integrantes. Principalmente Freddie! =)

Outras notícias

There are 6 comments

  1. concordo com eles, é claro que não poderia acontecer do jeito que ele tava querendo…
    e outra, a linguagem do Queen sempre foi ser acessível a td tipo de público, por isso é irrelevante insistir em um assunto polêmico se o objetivo é esse.

    Responder
    1. Totalmente de acordo, quando assisto a um dos últimos clipes do Freddie, vejo aquele clip I'm going slightly mad com freddie usando uma peruca e me lembro na hora de Edward mãos de tesoura! rs Johnny deep ja para o filme!

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.