A música pop em 12 ícones gays

Madonna, Ney Matogrosso, Freddie Mercury, Pet Shop Boys: o iG selecionou artistas que defendem a causa e são admirados pela comunidade homossexual

Freddie Mercury durante show do Queen em 1977. Foto: Getty Images
Freddie Mercury durante show do Queen em 1977. Foto: Getty Images

O que seria da música pop sem o apelo gay?

Desde que Judy Garland protagonizou apresentações históricas na estilosa casa nova-iorquina Carneggie Hall (em 1961), artistas e músicos passaram a prestar atenção em (e a lucrar com) sua base de fãs homossexuais.

O iG selecionou 12 artistas que, homossexuais ou não, tornaram-se ícones gays na música. Desses, um está em turnê pelo Brasil (Elton John) e outro virá ao País em maio (Pet Shop Boys). Além disso, Cazuza será homenageado no Rock in Rio 2013.

 Freddie Mercury –  O líder do Queen nunca expressou diretamente sua orientação sexual. Teve uma relação longa com Mary Austin (e ela era “sua melhor e única amiga”, segundo o cantor) e algumas relações com homens (o cabeleireiro Jim Hutton foi seu companheiro nos últimos seis anos de vida). Até hoje a canção  “I Want to Break Free” é associada à causa gay.

Para ver todos Clique Aqui

 

Fonte: http://igay.ig.com.br

Alexandre Portela

Alexandre Portela

Fã do Queen desde 1991. Amante, fascinado pela banda e seus integrantes. Principalmente Freddie! =)

Outras notícias

There are 3 comments

  1. o próprio freddie mercury disse q a musica IWTBF não tem nada haver com o mundo gay sendo q quem a escreveu foi John Deacon e o clipe foi idéia do Roger Taylor

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.