Roger comenta a longevidade da obra da banda

“É surpreendente que o nosso legado tenha durado tanto assim. Olhando para trás, além de me sentir velho, isso me faz perceber o quão único nós realmente éramos”, disse Roger Taylor ao periódico Daily Express. O baterista comentou os 40 anos do Queen, que terá sua discografia de estúdio relançada este ano.

“Foi muito doído fazer aqueles álbuns”, contou. “Éramos quatro artistas tentando pintar na mesma tela… Cada álbum pareceu ter levado anos para ser composto. Estávamos muito envolvidos nisso, 98% de nossas vidas eram a banda”.

Taylor e o guitarrista Brian May estão empenhados nas reedições dos cinco primeiros discos do grupo, que têm previsão de voltar às lojas com material extra em março. Outras duas levas de cinco títulos cada uma sairão até o final deste ano. No final do ano passado, foram relançadas as duas coletâneas ‘Greatest Hits’.


Fonte: http://guitarplayer.uol.com.br

Alexandre Portela

Alexandre Portela

Fã do Queen desde 1991. Amante, fascinado pela banda e seus integrantes. Principalmente Freddie! =)

Outras notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.