Queen, Stones, Sabbath e Guns banidos no Irã

De acordo com o Mail & Guardian Online da África, inúmeras obras-prima literárias e best-seller internacionais foram proibidos de serem comercializados no Irã, no que denota um crescimento dramático da censura, colocando a indústria cultural do país em crise. Dentre os artigos proibidos estão livros como "Código da Vinci" de Dan Brown e uma série de letras de bandas como ROLLING STONES, DOORS, BLACK SABBATH, QUEEN e GUNS N’ ROSES.

A ordem é que as lojas removam o material ou fechem as portas. O bloqueio foi liderado pelo Ministro da Cultura Mohammed Hossein Saffar Harandi, ex-guarda revolucionário e aliado próximo do Presidente Mahmoud Ahmadinejad, e é fruto de um aparente descontentamento com o predecessor reformista de oito anos antes de Ahmadinejad.

Outras notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.