O que foi o LIVE AID!

Enviada por:
Data: 18/08/2004 16:34:34
Postado em: Queen Outros

Você sabia que o dia 13 de julho é conhecido como o Dia Mundial do Rock? Mais: você sabe o porquê da escolha? Em 1985, o roqueiro irlandês Bob Geldof reuniu vários artistas, como Paul McCartney, Phil Collins, The Who, David Bowie e Mick Jagger, Queen, Tina Turner, The Cars, Bryan Adams, Hall e Oates, Lionel Richie e Phil Collins, simultaneamente nos estádios JFK, na Filadélfia, nos EUA, e no hoje demolido Wembley, em Londres, na Inglaterra, para um grande festival que tinha como intenção arrecadar fundos para a população sofrida da Etiópia. O Live Aid durou dezesseis horas e acabou arrecadando cerca de 60 milhões de dólares. Um sucesso, que fez o 13 de julho, dia do festival, virar o Dia Mundial do Rock. O mundo pôde ver, através de uma transmissão por satélite, grandes performances de vários artistas. O Status Quo abriu, ao meio-dia, o festival em Londres. A banda de Bob Geldof, o Boomtown Rats, foi a terceira atração do evento, que contou com intervenções de outros lugares do planeta: o INXS se apresentou direto de Melbourne, na Austrália. Phil Collins, completamente envolvido pela causa, apresentou-se em Londres às 15:27 e pegou um avião para os EUA, onde se apresentou no início da madrugada. Após cantar seu sucesso In the air tonight chama Robert Plant, Jimmy Page e John Paul Jones ao palco, que mandam Rock ‘n’ Roll, Whole lotta love, seu mais famoso plágio. Obviamente, apesar de algo estranho na voz de Plant (???), o público vai à loucura. O gran finale em Wembley ficou por conta do ex-beatle Paul McCartney, David Bowie, Pete Townshend, Alison Moyet e o próprio Bob Geldof, entoando o hino Let it be. Nos EUA o final ficou por conta de Bob Dylan, Keith Richards e Ron Wood. No dia 25 de novembro de 1984 Bob Geldof gravou com a Band Aid, banda formada por artistas britânicos expressivos (como Boy George, do Culture Club, David Bowie, Simon LeBon, do Duran Duran, Bono Vox, do U2, Paul McCartney) e outros nem tanto, o single Do they know it’s christmas?, canção escrita pelo próprio Geldof e por Midge Ure e que vendeu 3 milhões de cópias somente no Reino Unido. Robert Frederick Zenon Geldof nasceu em 5 de outubro em Dublin, na Irlanda e entrou no mundo da múisica como jornalista de um jornal canadense de rock underground. Ao voltar para Dublin, montou o Boomtown Rats, um dos primeiros grupos da fase punk/new wave do fim da década de 70. No começo da década de 80 estrelou a célebre adaptação cinematográfica do álbum The Wall, do Pink Floyd. Ainda hoje Geldof continua trabalhando firme em projetos para arrecadação de fundos para ajudar as vítimas da fome na Etiópia. Um belo exemplo a ser seguido por artistas no mundo todo, que parecem se preocupar mais com seus narizes do que com o mundo ao seu redor!





Deixe um comentário: