Rock Nation – Resenha DVD: Queen + Paul Rodgers – Live In Ukraine

Enviada por: Alexandre Portela
Data: 16/06/2012 16:24:06
Postado em: Queen Outros

DVD: Queen + Paul Rodgers – Live In Ukraine

Em 12 de setembro de 2008, o projeto Queen + Paul Rodgers fez uma apresentação na Ucrânia para mais de 350.000 pessoas. O show, realizado como campanha para ajudar no combate a AIDS, era parte da “Rock The Cosmos Tour” e foi transmitido via satélite para vários países e está disponível em DVD.

Certamente esse é um daqueles projetos que envolvem polêmica. A banda Queen é, sem dúvidas, um ícone do rock. Como não poderia deixar de ser, sua história envolve adoração, idolatria, na maior escala da expressão. E para muitos, o retorno da banda sem Freddie Mercury é um insulto. Mesmo quando seu substituto é outro grande ícone do rock.

Paul Bernard Rodgers, mais conhecido como Paul Rodgers, participou de dois grupos que são considerados clássicos. Conhecidos e idolatrados entre os fãs mais ardorosos do gênero, Free e Bad Company marcaram época com canções que hoje são consideradas ícones do rock. Podemos citar como exemplo “All Right Now”, “Fire And Water”, “Can´t Get Enough”, “Rock n´ Roll Fantasy”, entre outras.

Em respeito ao legado e à importância ímpar de Freddie Mercury os integrantes fizeram questão de deixar esclarecido que Rodgers não substituiria Freddie. Seria apenas um convidado acompanhando membros do Queen. Mesmo assim, os fãs mais fervorosos torceram o nariz. Isso, contudo, não impediu que os músicos seguissem adiante com o projeto e, o mais importante de tudo, fizessem bonito!


Nessa apresentação o grupo emociona os presentes com clássicos como “Tie Your Mother Down”, “Hammer to Fall”, “Love Of My Life”, só para citar alguns. O ponto alto, contudo, está em “Bijou” e “Bohemian Rhapsody”, ambas com a participação do antigo e falecido vocalista, Freddie Mercury, nos telões. Emocionante!

Outro grande momento é o solo de bateria de Roger Taylor onde a bateria vai sendo montada aos poucos durante a execução do mesmo. O número é simples, porém preciso. O fato de não ser muito longo ajuda para que mesmo aqueles que não são músicos apreciem.

Brian May e Roger Taylor atingem a expectativa mantendo a segurança e o profissionalismo de sempre. Destaque para as canções onde os músicos se lançam como vocalistas. Entre elas: “39” e “I´m In Love With My Car”.

O cantor Paul Rodgers segura a apresentação com maestria. Rodgers tira de letra as dificílimas canções do Queen. Consegue dar uma marca sua às músicas sem descaracterizá-las. Outro ponto certeiro deve-se ao fato do vocalista não imitar as performances de palco de Freddie Mercury. Característica que normalmente deixa o espetáculo com cara de “cover de si mesmo”. Não é à toa a fama e o respeito que o rapaz conquistou durante sua trajetória.

Os pontos baixos ficam justamente nas canções do Free e Bad Company. Nada contra! Sou um grande fã das duas bandas, mas acho realmente estranho ver Brian May e Roger Taylor tocando essas músicas. Ainda que façam bonito! Sem contar que Rodgers nunca saiu da ativa e essas faixas sempre estiveram presentes em seu repertório. Poderiam ter aproveitado a oportunidade para reviverem mais alguns clássicos de Freddie.

Mesmo com esse “defeito” o DVD é essencial na coleção de qualquer pessoa que se diz fã de rock. Espetáculo de primeira grandeza que conta com um dos mais criativos guitarristas que o rock já teve: Brian May. Compre de olhos fechados!

Fonte: http://r-nation.blogspot.com.br
Dica de: Roberto Mercury





Deixe um comentário: