Zanzibar – Berço do cantor e compositor Freddie Mercury

Enviada por: Alexandre Portela
Data: 08/10/2012 22:14:35
Postado em: Queen Outros

Quem tiver o propósito de conhecer as mais belas praias do mundo, deve se dirigir a um só destino: Zanzibar!


Se nunca ouviu falar neste nome, saiba que se trata de duas ilhas que compõem o Arquipélago de Zanzibar, próximo à costa leste da Tanzânia, na África, e que constituem um estado semi-autônomo. Em swahili, dialeto local, chamam-se Unguja (onde fica a capital) ou Zanzibar e Pemba, estando separadas do continente pelo Canal de Zanzibar. A visita à parte antiga de Zanzibar que se chama Cidade de Pedra ou Mji Mkongwe é um local considerado patrimônio da humanidade pela Unesco.


Berço do cantor e compositor Freddie Mercury, foi visitada a primeira vez por Vasco da Gama, em 1499, tendo dominado o território por duzentos anos. No século XVII, o sultanato de Omã tomou Zanzibar que passou a ser um entreposto comercial do oceano Índico Ocidental, vendendo escravos e marfim no mundo árabe, Índia e através do Oceano Atlântico. No século XIX, acabou o tráfico de escravos e Zanzibar tornou-se protetorado britânico, até 1963, quando se tornou uma monarquia constitucional. Ao cabo de uma revolução, uniu-se à Tanganica, para formar a Tanzânia. Apesar dessa união, mantém seu próprio presidente, formando um governo insular.As costas paradisíacas de Zanzibar são exóticas até no nome. Escarpas de coral abrigam praias de águas tranquilas, totalmente cristalinas, com abundante vida marinha e areias cor de neve. Coqueiros altos e majestosos pandanus servem de apoio e sombra às redes e pássaros diversos saltam entre as folhas verdes e frutos pendentes disponíveis, num alegre e contínuo rebuliço.


A mais remota das praias chama-se Mangapwani sendo a menos visitada e mais tranquila, com suas areias douradas, salpicadas com palmeiras e pinheiros – positivamente, a imagem de um paraíso perdido. A península de Nungwi é a mais popular de todas, com lagoas de corais e o aquário de tartarugas. Há uma ativa indústria de construção de barcos na região.Todo tipo de atividade esportiva pode ser encontrado em Zanzibar, desde safaris com golfinhos em Kizimkazi, na Baía Menai, zona de conservação de espécies marinhas, aulas de mergulho, windsurf, kitesurf, equitação e muito mais.

Unguja e Pemba são consideradas como os locais com a maior e melhor variedade de vida marinha do mundo e o sonho de todos os mergulhadores, de todos os níveis. As águas além de transparentes são quentes.

A ilha de Mnemba que faz parte do atol de corais, é um pedaço do céu, na parte norte de Zanzibar. Milhas e milhas de um mar onde os azuis, verdes e turquesas se entrelaçam de acordo com a incidência do sol nas águas de superfície brilhante, numa paz e quietude total.A ilha é pequenina, o que ressalta ainda mais a ideia de ser privativa. Não mais que vinte hóspedes são admitidos de cada vez.


Cada um tem sua própria cama e ombrelone na praia, debaixo do qual as massagens relaxantes deixam o resto do mundo para trás. Bebidas exóticas são saboreadas enquanto você curte a leitura de um dos incontáveis livros disponíveis na biblioteca, gozando da brisa que balança as palmas dos coqueiros e admirando a dança dos golfinhos e sutis aparições das tartarugas marinhas que habitam a área. Enfim, ver para crer que este lugar efetivamente existe pois nenhuma descrição, por mais detalhada que seja, fará juz ao que a Tanzânia reserva para o viajante.

Fonte: www.amantesdavida.com.br
Dica de: Roberto Mercury





Deixe um comentário: