Entrevista com Marcelo Facundo

Enviada por: Alexandre Portela
Data: 07/01/2011 12:32:12
Postado em: Queen News

Confira entrevista com marcelo Facundo, onde ele fala de sua paixão pelo Queen, sobre sua banda e sobre o livro Magic Works.


1-     Como e quando o Queen entrou em sua vida?

R: Minha primeira lembrança relativa ao Queen é de 1981, quando minha irmã mais velha foi ao show do Morumbi, eu me recordo do pessoal em casa comentando sobre o show. Porém em 1992 após a morte do Freddie minha outra irmã comprou o vinil do Greatest Hits e eu fiquei completamente alucinado pelas harmonias, solos de guitarra e composições da banda, foi um choque!!!

2-     E a partir daí?

R: Comecei a comprar tudo que me aparecia pela frente da banda, é até engraçado que eu ganhei um pôster da antiga Somtrês, e nele falava muito do álbum Queen II. Eu então corri aos sebos na rua 24 de maio (galeria do rock – SP) para comprar o mesmo, ou seja, meu primeiro álbum foi o Queen II, um disco sem nenhum hit mas fantástico, até hoje é um dos meus prediletos.

É engraçado pois não é muito comum agente ser iniciado no Queen com um álbum tão “maluco”.

3-     Você também é músico, toca inclusive na banda tributo Magic Rockin, já teve outras bandas tributo ao Queen?

R: Sim, na verdade musico amador, pois o que me sustenta é outra coisa (risos). Bom antes da Magic Rockin eu havia tocado na banda Queen Unplugged por volta de 2002 e 2003. Após este período eu fiquei uns cinco anos sem tocar efetivamente em banda nenhuma, até que em 2008 eu e alguns velhos amigos resolvemos realizar o sonho de tocar só Queen, nascia assim o Magic Rockin.

4-     Qual é a proposta da banda?

R: O nosso enfoque é totalmente musical, não ligamos para a parte visual, admiro muito bandas como o God Save the Queen e outras cujos integrantes se parecem bastante fisicamente com o Queen, mas acho patético criar uma caricatura dos ídolos, não me pareço com o Brian em nada fisicamente portanto não quero por uma peruca e achar que sou ele, acho fundamental recriar os climas musicais com a banda, são eles que vão instigar os fãs.

Eu na verdade sou chato pra caramba em relação a banda quero que toquemos o mais “Queen” possível, ou seja o mais próximo do som da banda possível.


Queen Magic Works

Queen Magic Works



5-     E como surgiu a idéia de escrever um livro?

R: Sempre fui fascinado pelo lado técnico da música: saber como eram as gravações, os instrumentos utilizados, as inspirações. Passei boa parte dos anos “garimpando” estas informações em livros, sites, capas de discos, revistas importadas. Em 2006 li o livro Paul McCartney Todos os Segredos do meu amigo Cláudio Dirani, ai resolvi trabalhar nisso, o próprio Cláudio me ajudou muito, fazendo minhas escritas ficarem algo parecido com um livro, e assim foi.

6-     Quais as dificuldades encontrou para escrever o livro?

R. A principal dificuldade é o fato de eu não ser um escritor, portanto tive que aprender “na marra” um monte de regrinhas, ao mesmo tempo muita gente me ajudou muito (O Alexandre e todo o pessoal do queennet, o Cláudio Dirani, o pessoal da editora foi fantástico: Flávio, Mariana, Solange) todo mundo abraçou o projeto e ele aconteceu.

7-     Que pontos você destacaria do livro?

R. São tantos (risos). Os bastidores das gravações de todos os discos são fantásticos, podemos através deles descobrir porque Hot Space foi tão polêmico, porque o Queen II foi tão rebuscado, porque o News of the World foi bem diferente do que a banda estava fazendo, etc.

Tem algumas coisas muito legais relacionadas às músicas, por exemplo: você sabia que tem uma canção de Made in Heaven, que iniciou nas sessões do The Game? Tem uma canção do A Night at the Opera que foi gravada nas sessões do Sheer Heart Attack? O Freddie só compôs efetivamente uma canção para A Kind of Magic? O Brian e o Roger por muito pouco quase saíram no tapa na gravação de uma canção do Jazz?.

Na verdade modéstia a parte é uma delicia ler os fatos e descobrir coisas fantásticas sobre as musicas e os discos.

8-     É um livro técnico?

R. Não. Para quem curtir o lado técnico tem muita informação, algumas delas polêmicas, já que muitas delas não se encontram em qualquer literatura e só a banda saberia dizer a verdade, mas eles não lembram mais. Nestes casos é ouvido puro!

Porém o livro conta fatos sobre os discos e as músicas. Não precisa saber o que é uma guitarra pra curtir a leitura, somente é preciso gostar do Queen!

9-     Onde agente encontra o livro para vender?

R. No site www.livroqueenmagicworks.com.br, na livraria cultura, no site da editora hucitec www.hucitec.com.br.

10- E como tem sido a recepão pro parte dos fãs?

R. Muito, mais muito positivo, já estamos caminhando para a segunda impressão e as pessoas que leram tem me dado um excelente feedback, todos parecem ter adorado o livro e já estão me pedindo outro.

11- Mas e ai!! existirão outros?

R. (risos) Não sei. Bom, após a conclusão do livro eu só queria descansar, agora fico pensando “Hum já descobri tanta coisa a mais”, bom quem sabe em 2011 eu faça alguma coisa voltada para os shows da banda.




Site oficial do livro:  www.livroqueenmagicworks.com.br
Site banda Magic Rockin:  www.magicrockin.com

Contato com Marcelo:
Email: severomay@gmail.com e dayse.drovette@gmail.com
Fone: (11)8190-4014





Deixe um comentário: