Freddie Mercury lembrado em jornal paulista

Enviada por:
Data: 06/09/2006 03:35:13
Postado em: Queen News

Gustavo enviou "
O jornal Folha Online, trouxe no dia 04/09/06 uma matéria sobre Freddie Mercury, que completaria 60 anos nesta data.
Para ver a notícia clique aqui…
A Matéria:

04/09/200610h45

Ícone da música, Freddie Mercury completaria 60 anos nesta 3ª

da Folha Online

Um dos maiores nomes da música no mundo, Freddie Mercury (1946-1991) completaria 60 anos nesta terça-feira. O cantor, assumidamente gay, que transformava os shows do Queen em catarse coletiva, é lembrado sempre de duas maneiras: pela genialidade indiscutível e pela morte prematura, aos 45 anos, vítima da Aids.

Divulgação

Freddie Mercury liderou o Queen

Freddie Mercury liderou o Queen

Em homenagem ao astro, o canal pago The History Channel exibe nesta segunda dois programas dedicados ao músico. O primeiro, que vai ao ar às 21h, é um documentário de uma hora sobre a vida de Freddie Mercury.

Em seguida, às 22h, será exibido o "Freddie Mercury Tribute Concert", show transmitido a 17 países em abril de 1992. participaram do espetáculo Tony Iommi, Robert Plant, Axl Rose, Elton John, David Bowie e Roger Daltrey, entre outros.

Início

Freddie Mercury nasceu no dia 5 de setembro de 1946 como Farrokh Bommi Bulsara, em Zanzibar (atualmente parte da Tanzânia) –país que, na semana passada, tentou proibir uma festa em sua homenagem. O apelido Freddie surgiu na escola, e acabou sendo adotada pelo músico.

Folha Imagem

Homenagens lembram aniversário

Homenagens lembram aniversário

Por conta de distúrbios políticos, a família de Freddie mudou-se para a Inglaterra em 1964. Dois anos mais tarde ele já cursava a Faculdade Ealing de Arte, onde conheceu o baixista Tim Staffell, de quem se tornou grande amigo. Em pouco tempo, a então banda de Tim, chamada Smile, virou o Queen.

Além do sucesso espetacular com o Queen, Freddie Mercury –que antes de assumir sua homossexualidade viveu por sete anos com Mary Austin, de quem foi amigo até o fim de sua vida– teve trabalhos solos de grande sucesso, entre eles "Barcelona" e "Mr. Bad Guy".

Queen

Desde que Freddie Mercury morreu, o Queen passou temporadas inativo e em março deste ano começou uma turnê Estados Unidos e Canadá. A banda também não tem mais John Deacon, que deixou o grupo alegando que queria se aposentar –sua última aparição com o Queen foi em 1997. Restaram apenas May e o baterista Roger Taylor, que em shows são acompanhados por músicos contratados.

Divulgação

Cantor morreu vítima da Aids

Cantor morreu vítima da Aids

Assim, 15 anos após a perda de seu líder, o Queen anunciou que finalmente voltará aos estúdios. O grupo de rock britânico, que nunca terminou oficialmente e se uniu ao vocalista Paul Rodgers (ex-Bad Company, Free, The Firm e The Law) para continuar sua história, está preparando um álbum com músicas inéditas –sob críticas dos adoradores de Freddie Mercury, claro.

O Queen foi uma das maiores referências do rock nas décadas de 70 e 80, com sucessos como "We Are the Champions" e "Crazy Little Thing Called Love". Na extensa lista de hits está ainda um dos mais indiscutíveis sucessos planetários, "Bohemian Rhapsody", composta por Mercury.

A música –um épico de seis minutos de duração– liderou as paradas pela primeira vez em 1975, repetindo tal façanha em 1991, quando uma nova versão foi lançada após a morte do vocalista, para levantar fundos para causas humanitárias.

Em toda sua carreira, o Queen vendeu mais de 100 milhões de discos em todo o mundo.
 





Deixe um comentário: