Katy Perry fala de Freddie e Queen e diz ser obcecada por Freddie

Enviada por: Administrador
Data: 06/04/2009 20:16:52
Postado em: Queen News

Em uma entrevista você disse que foi influenciada por “No Doubt clássico”. Quase engasguei…
Estou falando sobre o clássico No Doubt do início dos anos 90, quando a Gwen gravou “Don’t Speak” na garagem.

Por isso que engasguei. E os anos 80?
Pat Benatar, Joan Jett, Chrissie Hynde. Sou obcecada por Freddie Mercury.

Como showman ou vocalista?
Em todas as capacidades. Ele era alguém respeitado. Ele é o cara. Sabe que cada um tem o seu momento mágico quando escuta algo que ama?

E eles tocam várias vezes, sei.
Isso aconteceu comigo e com o Queen.

Com qual música?
“Killer Queen”.

O que vocês está ouvindo agora?
Queen, continuamente. E o Pet Sounds do Beach Boys. Tive um relacionamento e era tudo o que ouvíamos. Patty Griffin. Adoro as coisas grandiosas do pop. Acho que a Beyoncé fez um grande disco pop.

Agora que você está solteira, que tipo de homem você quer?
Tenho uma queda por músicos. Se um homem pudesse andar nessa montanha-russa comigo e sair vivo, então acho que mereceríamos a companhia um do outro. Mas eu não tenho a energia certa para estar com alguém agora porque quando eu amo alguém, eu amo alguém. Tipo, quero me casar com eles. Não fico marcando encontros. Nunca estive em um encontro.

Nunca esteve em um encontro?
Na verdade, não. Não gosto de lance casual.

Seus pais são conservadores. Eles te apoiam?
As pessoas não conseguem compreender que meus pais pastores podem realmente apoiar a filha selvagem. Mas eles são bem moderados, sabe?

Provavelmente te obrigaram a fazer a tatuagem de Jesus.
Eu a fiz quando tinha 18 anos no Sunset Strip. Estava com meu namorado, e só queria fazer alguma coisa que me lembrasse sempre de onde vinha. Meu pai tem quatro tatuagens, e todas dizem “Jesus”.

Quem você tenta encarnar nas sessões de foto?
Procuro ficar um pouco sexy com o cabelo. Quero crescer um pouquinho. Farei 25 anos neste ano.

Está tentando crescer para além da banana?
Não. Mas sempre posso interpretar a inocente gatinha Lolita.

Você acha que isso afeta a forma que as pessoas recebem a sua música?
Sim. É o pacote completo. Mas as pessoas que querem ir junto no passeio vão entender e vão sacar a piada e vão perceber que eu fiz a piada.

Fonte: http://musica.ig.com.br




2 comentários:

  1. Me esqueci o título de uma música dela que está nas paradas… Acho que a tradução é “Eu beijei aquela garota”.Ah Meu Deus, as notícias da Katy Perry estão me enchendo um pouco (Se tiver algum fã dela, 1000 desculpas!)

  2. manu92 em 07/04/2009 às 13:48
  3. Quem é essa mulher? É algum nome importante ou genial da música ou apenas mais um daqueles nomes cujos quais nunca ouvímos falar e só ficaram conhecidos por causa de uma música, que nem a Rihanna e a musiquinha do guarda-chuva?

  4. Alexandra em 06/04/2009 às 18:43

Deixe um comentário: