Shows que foram show

Enviada por: Alexandre Portela
Data: 03/11/2012 23:43:42
Postado em: Queen Outros

Como iniciar uma matéria sobre shows sem pensar no Woodstock, nos Beatles em cima do telhado – depois copiado pelo U2 -, o 101 do Depeche Mode e o Queen no estádio de Wembley? Sem falar no segundo e último show que a Legião Urbana fez em Recife.

Pois é, o Woodstock Music & Art Fair (nome default) foi não somente um show, mas um festival de música entre os dias 15 e 18 de agosto de 1969 numa imensa fazenda em Bethel, Nova York e tendo como slogan “Uma Exposição Aquariana: 3 Dias de Paz & Música”. Alguém sabe aqui o porquê desse slogan? Paz, Amor e Era de Aquário, tendo sua caracterização e atitude calcada na contracultura, manifestada pelo movimento hippie.

E de onde vem o nome Woodstock? O evento foi planejado para uma cidadezinha homônima, todavia os moradores já previam muito paz, amor, “orégano” e certos aditivos, fazendo com que acontecesse em Bethel, à uma hora e meia de distância. Foram trinta e duas apresentações realizadas ao longo dos quatro dias do evento. Tais como: Ravi Shankar, Richie Havens, Santana, Grateful Dead, Creedence Clearwater Revival, Janis Joplin, Sly & the Family Stone, The Who, Jefferson Airplane, Joe Cocker, The Band, Johnny Winter, Crosby, Stills, Nash & Young, Jimi Hendrix e outros imortais.

Literalmente nasci na época errada, mas nem sempre temos os políticos que desejamos no poder. Imagine ter vivido numa época de virtuose? Pois é. O Queen pra não ficar por baixo, em julho de 1986, no estádio de Wembley, Londres, se apresenta na sua última turnê deles, a Magic Tour, resultando no álbum Live at Wembley ’86. Um clássico do Rock e Pop e não poderia ser diferente. Algumas que tocaram: One Vision, A Kind Of Magic, Under Pressure, Who Wants To Live Forever, I Want To Break Free, Love Of My Life, Bohemian Rhapsody, Crazy Little Thing Called Love, Radio Ga Ga, We Will Rock You, We Are The Champions, entre outras.

Para os fãs de Música Eletrônica, não incluo o que se toca em rave, há o belíssimo 101, um show em 1989 da banda Depeche Mode, que virou álbum e documentário, gravado em Pasadena, USA, no estádio Rose Bowl. O nome do evento surgiu de uma forma simplista: era o 101º show da turnê. E como documentário, foi um dos primeiros a mostrar o dia-a-dia de uma banda e dos fãs. Foram cerca de 70 mil pessoas vibrando, consagrando-a como uma das maiores bandas alternativas existentes até hoje.

Você pode ter uma TV full hd e home theater high end para ver um show, mas nada melhor que a energia de estar lá vendo de perto ou de binóculo, mas fazendo parte daquele momento e depois podendo sair dizendo: eu fui; e tu? (risos). E sobre os outros que comentei acima, aguardem porque virão mais e mais oportunidades.

E pra quem ficou com água na boca, apresentamos uma seleção com alguns DVD´s, CD´s e Blue Ray´s para reviver esses grandes músicos e seus shows.

 

 

Fonte: http://revista-mensch.blogspot.com.br/





Deixe um comentário: