Nova apresentação do Recital “A Night at The Opera” será no Largo São Sebastião, em Manaus

Enviada por: Alexandre Portela
Data: 01/06/2013 14:13:08
Postado em: Eventos Queen, Queen Outros

Ao som do piano do maestro Marcelo de Jesus, com novas partituras e releituras, o público assistirá um crossover diferente, quando se junta dois ou mais estilos musicais, só que dessa vez meio ao contrário, juntando o rock com o clássico

O principal objetivo de fazer “A Night at The Opera” foi de levar ao teatro, ao FAO, o público mais jovem (Divulgação/Wesley Andrade)

O principal objetivo de fazer “A Night at The Opera” foi de levar ao teatro, ao FAO, o público mais jovem (Divulgação/Wesley Andrade)

Nem mesmo o Teatro Amazonas foi capaz de comportar o sucesso de público da reapresentação do Recital Bradesco II “A Night at The Opera”, na última quarta-feira (29). Por isso, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura decidiu realizar o espetáculo mais uma vez, agora, no Largo São Sebastião. A Secretaria está avaliando a melhor data para a reapresentação do recital.

Com pessoas na fila de espera desde às 13h do dia da apresentação, o Teatro Amazonas ficou completamente lotado e pelo menos outros 500 espectadores não puderam acompanhar o espetáculo de maior sucesso do XVII Festival Amazonas de Ópera.

De acordo com o secretário de Estado de Cultura, Robério Braga, o sucesso de público tornou indispensável mais uma edição do show com os maiores sucessos de Freddie Mercury e companhia. “O sucesso de mais essa apresentação foi fantástico. Com um público muito maior que o da primeira vez, o Teatro Amazonas lotou e infelizmente muitas pessoas não puderam assistir. Por isso, é justo que a Secretaria realize o recital mais uma vez, em um lugar mais amplo para receber a todos, mesmo fora da programação do Festival”.

Na primeira apresentação realizada no dia 4 de maio, no Teatro da Instalação, apenas as 200 primeiras pessoas conseguiram lugar na plateia.

Ao som do piano do maestro Marcelo de Jesus, com novas partituras e releituras, o público assistirá um crossover diferente, quando se junta dois ou mais estilos musicais, só que dessa vez meio ao contrário, juntando o rock com o clássico. “O festival tem por tradição ser inovador, sempre com peças, repertório e mídias novas. Para tirar o tom elitizado da ópera, que surgiu nos anos 1950, quando saiu das ruas e se aproximou muito da elite”, diz de Jesus.

Mas o principal objetivo de fazer “A Night at The Opera” foi de levar ao teatro, ao FAO, o público mais jovem. E na primeira noite estavam todos lá, misturados ainda a adultos, idosos e até crianças com seus pais músicos.

Entre as canções escolhidas para o recital, destaque para “Radio Ga Ga”, single de 1984 que se tornou sucesso mundial, atingindo o número 1 das paradas em 19 países. Outro campeão de execuções, presente na programação, é “I Want To Break Free”, onde a banda, no vídeoclipe, aparece toda vestida de drag queen. O “Queen” foi formado em 1971.

Repertório

Somebody to love
Don’t stop me now (Humberto Sobrinho)
Save me (Mirian Abad)
Play the game HS (Humberto Sobrinho)
Love of my life (Mirian Abad)
We will rock you  (Humberto Sobrinho)
We are the champions  (Humberto Sobrinho)
Radio ga ga (Mirian Abad)
I want to break free (Mirian Abad)
It’s a hard life (Humberto Sobrinho)
The show must go on (Mirian Abad)
Who wants to live forever (Humberto Sobrinho)
Friends will be friends (Humberto Sobrinho)
Barcelona HS/MA (Humberto Sobrinho / Mirian Abad)
How Can I Go On HS/MA (Humberto Sobrinho / Mirian Abad)
Bohemian rhapsody

 

Fonte: http://acritica.uol.com.br
Dica de: André Vital  via Twiiter @AndreVital_





Deixe um comentário: